5 fatos importantes para o Bitcoin nesta semana (27/4) Destaque


 

De ações e petróleo a impressão de dinheiro e os principais fundamentos do Bitcoin, os traders têm muito a considerar enquanto o terceiro halving se aproxima!

  • Para quem não sabe, enquanto este artigo é escrito, faltam 15 dias para o Halving!
  • Você pode acompanhar aqui: The Halvening; 
  • Algumas wallets, como a Coinomi, colocoram uma contagem regressiva para o evento dentro do app! 😉

 

É… se você está acompanhando o mercado, viu que o Bitcoin (BTC) consolidou ganhos próximos de US $ 8.000!

 

Depois de saltar 10% em 1 único dia na semana passada, o par BTC/ USD conseguiu manter seus ganhos no fim de semana.

Abaixo, o Cointelegraph considera os principais fatores que os comerciantes devem ficar de olho para evitar uma surpresa desagradável.

 

 

1 – Novos alarmes para as ações

 

As ações continuam subindo e o Bitcoin continua se movendo de acordo com o sentimento do mercado de ações.

 

Embora reduza sua correlação nas últimas semanas, o Bitcoin ainda permanece sensível a grandes mudanças em Wall Street.

Nesta semana, os preços continuam em alta, mas nem tudo é o que parece, alertam analistas.

 

“Quedas acentuadas na amplitude do mercado no passado muitas vezes sinalizaram grandes quedas no mercado”

Disse Bloomberg, estrategista do Goldman Sachs, em 27 de abril.

 

A amplitude reduzida pode durar longos períodos.

No entanto, os episódios anteriores sinalizaram retornos abaixo da média do mercado e eventuais reversões de momento.

 

Gráfico de 3 meses do Bitcoin versus S&P 500. Fonte: Skew

 

A advertência de que os atuais ganhos rápidos podem se transformar em perdas capitaliza as preocupações existentes sobre o paradoxo do status quo dos mercados.

Apesar de milhões de implosões de pequenas empresas e trilhões de dólares em impressão de dinheiro, as ações continuam melhorando.

 

2 – O preço do petróleo perde muito com o início das negociações

 

 

O petróleo está a todo vapor com a sua prolongada liquidação.

No pregão asiático da manhã de segunda-feira, o WTI caiu quase 10%, enquanto o Brent caiu 3,2%, para perto de US $ 20 por barril.

 

Parece que não há trégua para um mercado atingido por preços negativos sem precedentes na semana passada!

É improvável que a demanda se recupere por vários meses, enquanto as instalações de armazenamento praticamente acabaram.

 

Um esforço anterior dos países da OPEC+ para reduzir a produção não foi suficiente, disseram comentaristas.

No geral, o Bitcoin é menos impactado pelas questões de petróleo do que as de outros mercados.

 

 

3) A máquina de impressão de dinheiro continua girando

 

Os bancos centrais continuam a injetar mais dinheiro inútil na economia cada vez mais “neo-feudal”.

 

Na segunda-feira, foi a vez do Banco do Japão anunciar uma enxurrada de papéis, sinalizando que compraria títulos ilimitados para incentivar empréstimos.

 

Ainda há dúvidas sobre se a Reserva Federal dos Estados Unidos e o Banco Central Europeu seguirão o exemplo.

Isso porque o primeiro já inflou seu balanço patrimonial para um recorde de US $ 6,6 trilhões.

 

 

4) Os fundamentos do Bitcoin melhoram constantemente

 

Para os participantes da rede Bitcoin, enquanto isso, o cenário é cada vez mais e mais verificável e positiva.

 

A taxa de hash se recuperou bem desde que caiu após a queda nos preços de março, consolidando-se em cerca de 115 quintilhões de hashes por segundo (h / s).

De acordo com estimativas da Blockchain, isso é apenas 7 quintilhões de h / s abaixo dos máximos de todos os tempos, vistos no início do mês passado.

 

A dificuldade de mineração também está definida para um aumento saudável de 3,2% no próximo ajuste – em cerca de oito dias.

Isso segue um aumento maior de 8,5% relatado anteriormente pelo Cointelegraph.

A volatilidade implícita geral, monitorando o recurso Skew notes, agora também está quase de volta aos níveis do início de março.

 

 

5) Analista dissipa mitos sobre o Halving de maio

 

Agora, faltam apenas duas semanas para o terceiro Halving de Bitcoin – diminuindo recompensas pela metade.

Nesse ponto, a recompensa de bloco do Bitcoin cairá de 12,5 BTC para 6,25 BTC por bloco.

 

Isso reduz significativamente a receita do minerador, ao mesmo tempo em que aumenta a taxa de estoque / fluxo da criptomoeda.

Afinal, haverá menos “novos” Bitcoins criados em relação ao suprimento existente.

 

Alguns analistas ficaram preocupados com o fato de a queda na receita causar problemas para as mineradoras.

No entanto, o criador do modelo “stock-to-flow” do Bitcoin agora acredita no contrário:

“Os halvings de 2012 e 2016 mostram que a dificuldade NÃO se ajusta para baixo, mas continua subindo pela metade”, diz um tweet do PlanB na sexta-feira.

 

“Os mineradores JÁ investiram em novos hw e estão preparados para uma receita de -50%!”

 

Fonte: Cointelegraph





Com informações: Jornal do Bitcoin – https://jornaldobitcoin.info/index.php/homepage/bitcoin/item/283-5-fatos-importantes-para-o-bitcoin-nesta-semana-27-4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *